A Pessoa mais Difícil de Liderar é Você Mesmo 

Você pode ter lido o título deste artigo e pensou: Eu á sei quem é a pessoa mais difícil de liderar, é um dos membros da minha equipe que me chama o tempo todo, mas nunca aparece para ajudar a gerar novas ideias. Ele sempre arruma problemas para nossas soluções. 

Essa pessoa pode ser difícil de liderar, mas acredito que neste momento devemos ser honestos com nós mesmos, vamos admitir, a pessoa mais difícil de liderar somos nós mesmos. 

O maior desafio que encontrei como líder foi, sem dúvida, liderar a mim mesmo. Vamos analisar duas razões pelas quais a pessoa mais difícil de liderar é você mesmo:

Primeiro: Não nos vemos como vemos os outros - É uma verdade universal que as pessoas raramente se conhecem profundamente para enxergar quem realmente são. 

Segundo: Somos mais difíceis com os outros do que com nós mesmos – A frase anterior combina com o nosso velho ditado, ”faça aos outros o que gostaria que fizessem a você”? A resposta é não. Nós tendemos a ser rigorosos com os outros, mas somos ágeis em flexibilizar nossas desculpas. Se chegarmos na manhã de segunda-feira um pouco mais tarde, podemos nos justificar, se um integrante da equipe o fizer, teremos a mesma tolerância? 

A verdade é uma só, tendemos a julgar os outros de acordo com suas ações e nos julgar de acordo com nossas intenções. 

Sabendo que a pessoa mais difícil de liderar somos nós mesmos, de que maneira podemos melhorar a nossa liderança? 

Se não entendemos e praticamos uma liderança disciplinada sobre o eu, nunca seremos capazes de compreender e exercer uma liderança eficaz sobre os outros. Existem passos simples, mas muito importantes para se auto-desenvolver, são eles:

1. Aprenda a seguir: Fulton J. Sheen comentou: ”A civilização está sempre em perigo quando aqueles que nunca aprenderam a obedecer assumem o comando”. Apenas quem seguiu bem um líder, saberá liderar bem outras pessoas. Todos em algum momento da vida são aprendizes e em outros momentos são mestres, a pergunta é: quem são seus mestres, e quem você inspira (aprendizes)?

2. Desenvolva a autodisciplina: Quando somos tolos, queremos conquistar o mundo. Quando somos sábios, queremos nos conquistar. Isso começa quando fazemos o que precisa ser feito e não o que queremos fazer a nossa vontade. Como se diz repetidamente dentro da Whirlpool “não existe jeito certo de fazer a coisa errada”.

Tenha paciência. Poucas coisas realmente valiosas na vida vem rapidamente. A paciência é uma virtude que requer trabalho. Quando estamos impacientes, podemos olhar para a linha de chegada e acelerar com muito vigor rumo a ela, mas, um bom líder entende que nem sempre os que cruzam a linha de chegada em primeiro atingem os melhores resultados. A melhor forma de otimizar estes resultados é quando sua equipe atravessa a linha de chegada junto com você.

3. Assuma a responsabilidade: Esse é o grande segredo. Muitas vezes não podemos confiar em nós mesmos. Temos a tendência a entrar na zona de conforto, e acreditar que sucesso no passado pode determinar sucesso no futuro. Pensar desta forma pode se mostrar um grande erro. A responsabilidade tem que ser consigo mesmo, com foco sempre no seu crescimento contínuo e desenvolvimento.

 

Escolha com sabedoria quais os mentores que estarão ao seu redor lhe acompanhando nesta jornada, desta forma você se tornará um líder fantástico e lembre-se: “pessoas seguem pessoas que vão para algum lugar”, seja fonte de inspiração e sua equipe será eternamente leal a você.

Jean Oliskovicz

Founder do UNIVERSO Empreendedor

Participe do nosso Ecossistema

Tenha acesso a todo o nosso Conteúdo

© Powered by OLISCORP

  • Ícone do Instagram Cinza
  • Ícone do Youtube Cinza
  • Ícone do Facebook Cinza
  • LinkedIn - círculo cinza